Lua de Outono.


Lua de outono que ilumina os amantes,
Envolve os sonhos belos,
Afasta pesadelos errantes
D'uma vida de flagelo.

Brilho sempre tão forte.
Brilha como se fosse imortal.
E de fato, somos todos levados pela morte
Mas a lua é sempre igual.

Abençoa os poetas confusos.
Dá-lhes tua luz sem fim.
Faz os pensamentos reclusos
Florecerem como em um lindo jardim.