Poeminha no Escuro.


Escrevo, escrevo, escrevo.
Apago, apago, apago.
Apago tudo o que não devo.
Droga! Apaguei errado!